M-16 Fuzil de assalto





Fabricante: Colt Defence
Tipo de arma: Espingarda / fuzil de assalto --- Calibre: 5.56mm
Cadência de tiro: 800 disparos p/min.Velocidade do projectil: 948 M/s
Alcance eficaz: 550MAlcance máximo: 1500M
Dimensões: Comprimento: 1006.6mm (Cano: 508mm) Largura: 0mm / Altura: 0mm
Peso da arma: 3.4KgCarregador: 30


A M-16 foi inicialmente o resultado da insatisfação das forças norte-americanas com o desempenho da M-14, desenvolvida ainda durante os estágios finais da II guerra mundial e que tinha entrado ao serviço em 1957.

A introdução da M-16 não ocorreu sem problemas. Um dos pontos negativos apontados à arma foi o facto de ser inicialmente descrita como uma arma com capacidade para manutenção automática, por causa da utilização direta dos gases de escape, que deveriam expelir detritos e impurezas da câmara.

A utilização de um tipo de pólvora não adequado, que produzia partículas que se introduziam na câmara e nos mecanismos da arma levou a que a introdução da M-16 passasse por sérios problemas. Os relatórios sobre constantes problemas de encravamento, valeram à M-16 a reputação de uma arma pouco confiável.

Os utilizadores tiveram que ser submetidos a treino intensivo sobre a utilização e manutenção da arma, a qual necessitava como muitas outras de manutenção preventiva e continua para garantir a sua utilização eficiente.

A M-16A2 foi introduzida em 1982 e é basicamente a mesma arma, adaptada para o calibre 5,56/45 NATO.
Ela tem capacidade para disparar rajadas de três tiros, podendo igualmente disparar em modo semi-automático. A arma inclui uma mira posterior ajustável que permite corrigir a elevação.

A M-16A2 também pode disparar granada de 40mm se for equipada com o lançador de granadas M203.

Informação genérica:
Seguindo-se ao desenvolvimento da espingarda automática M14 de calibre 7,62 que entrou ao serviço em 1957, a M-16 é o resultado dos estudos do exército dos Estados Unidos no sentido de desenvolver uma arma leve capaz de disparar uma rajada curta de projecteis de pequeno calibre com um padrão de dispersão controlado.

Desses estudos resultou a adoção da arma AR-15, que foi adotada com o nome de M-16 pelo exército norte-americano, utilizando o calibre 7,62.

Mais tarde, com a adoção do calibre 5,56-NATO foi introduzida a M-16 A2.

A M-16 A2 foi sofrendo melhoramentos menores que não alteraram a arma de forma significativa, para além de arranjos estéticos e de materiais de construção diferentes, nomeadamente nos plásticos. A versão com esses melhoramentos é designada M-16A4.

M-4
Foi produzida uma versão com coronha rebatível da M-16 conhecida como M-4.

Nenhum comentário