sexta-feira, 23 de junho de 2017

Fuzil IMBEL IA2 calibre 556 - Primeiro fuzil de tecnologia brasileira

Fuzil IMBEL IA2 calibre 556 - Primeiro fuzil de tecnologia brasileira

O Primeiro fuzil de tecnologia brasileira é produzido em Itajubá, MG

Armamento é fabricado pela Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).

De uso exclusivo do Exército, arma pode disparar até 600 tiros por minuto.





O primeiro fuzil 100% brasileiro passou a ser produzido em Itajubá (MG). A arma é resultado de três anos de pesquisa da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), que é ligada ao Ministério da Defesa. O fuzil IA2, calibre 556, já foi aceito pelas Forças Armadas. A expectativa é de que sejam fabricadas 200 mil armas.



O novo fuzil, que pode ser semi-automático e automático, é mais leve, pesa pouco mais de três quilos. A arma também é mais precisa. Ele é capaz de atingir um alvo a 600 metros de distância e pode dar mais de 600 tiros por minuto. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 50 milhões no projeto. Para construir a nova arma, a fábrica da empresa precisou ser modernizada em Itajubá. Oficinas foram reformadas e máquinas substituídas.



O IA2 é o mais moderno entre os 40 modelos de armamentos que são fabricados exclusivamente para o Exército na fábrica de Itajubá. Ele será o sucessor do FAL, que ainda é usado nas Forças Armadas brasileiras e que pesa um quilo a mais. A diferença entre os dois também está na utilidade. O novo fuzil é mais apropriado para combates com distâncias menores entre os inimigos.



O fuzil calibre 556, de exclusivo do Exército, tem custo estimado a partir de R$ 5,5 mil. Outra arma da mesma família do IA2 está em fase de testes. A arma, ainda mais potente, terá calibre 762.



IMBEL A2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
IMBEL A2
Ia2 ctt.jpg
TipoFuzil de assalto
Local de origem Brasil
História operacional
Em serviço2012 - presente
UtilizadoresVer Utilizadores
Histórico de produção
CriadorCapitão Paulo Augusto Capetti Porto
Data de criação2009
FabricanteIMBEL
Custo unitárioR$ 7.630,82
Período de

produção
2012 - presente
Quantidade

produzida
20 mil por ano
Especificações
Peso(Fuzil 5.56) 3,4 kg (descarregado)
Comprimento920 mm (Fuzil 7.62)

850 mm (Fuzil 5.56)

800 mm (Carabina 7.62)

850 mm (Carabina 5.56)
Comprimento

do cano
350 mm (Fuzil 5.56)

490 mm (Fuzil 7.62)

350 mm (Carabina 5.56)

265 mm (Carabina 7.62)
Calibre5.56x45 mm NATO

7.62x51 mm NATO
Ação5.56 mm: A gás, com ferrolho rotativo

7.62 mm: A gás, com ferrolho basculante
Cadência de tiro650 a 750 disparos por minuto
Velocidade de saída850 a 920 m/s (dependendo da munição)
Alcance efetivo600 m (Fuzil 5,56)
Sistema de suprimentoCarregador de 30 munições 5.56x45 mm NATO

Carregador de 20 munições 7.62x51 mm NATO
MiraMassa de mira configurada para 150 ou 300 metros; várias lunetas.
IMBEL A2 (IA2) é um fuzil de assalto fabricado pela IMBEL com o intuito de substituir o IMBEL M964 FAL no Exército Brasileiroe na Marinha do Brasil e o SIG SG 550 e o Heckler & Koch HK33 na Força Aérea Brasileira. É o primeiro fuzil de assalto 100% produzido no Brasil.

0 comentários:

Forças Contra terrorismo ou antiterrorismo

Forças Contra terrorismo ou antiterrorismo

By Israel Police , CC BY-SA 3.0 , Link Forças Contra terrorismo O antiterrorismo incorpora a prática, táticas militares , técnicas e...

Postagens mais visitadas